Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2010

DIÁRIO DE BORDO - "Cantar pode ser profissão, só depende da nossa emoção!!!"

Sempre que preciso viver as dores, os amores frustrados e frustrantes, me distancio de algo que adoro e que é fundamental para mim, como sinalizador de que estou muito bem obrigada...
CANTAR!!! Mas com certeza o prazer de retomar é tão grande que nem sei dizer o quanto... Me esbaldo cantando no banho, fazendo comida, arrumando a casa, me sinto a própria!!! O que me fez  falar sobre isso foi ontem ter escutado a minha querida e companheira Rita Lee. Pessoa da maior cosciência, maravilhosa em suas letras cheias de coisinhas graciosas e verdadeiras... fáceis da gente se identificar em momentos, amores passados, presente cheio de infinitas possibilidades porque trás alegria, felicidade e leveza. Amo... Ah! Digo que ela é minha companheira porque os artistas que gostamos fazem parte da nossa vida mais que qualquer pessoa que transita sem acrescentar. A música tem um papel importantíssimo na minha existência... sem uma trilha sonora sou uma pessoa capenga. E eu pretenciosamente gosto de cantar, ca…

DIÁRIO DE BORDO - Uma luz, quem sabe!?

O que nos faz feliz? São substâncias que precisamos internamente produzir para ter essa sensação e podem com certeza depender de uma sinapse, de um pensamento, de um estimulo simples e maravilhoso de uma música e uma mexida de corpo modificadora da energia estagnada... que insiste em nos colocar em um lugar depressivo, covarde, impedidor. Reagir!!! Modificar tudo ao redor, transformar qualquer coisa que insiste em alimentar a sensação des-confortável do corpo que doi. E o corpo doer não significa necessariamente que se está infeliz. Muito menos que se está feliz. Infelicidade não passeia por qualquer coisa que nos impossibilita fisicamente. É alcance, puro alcance... na medida em que nos colocamos como vítima de alguém ou de algum acontecimento geramos sim, sensações e sentimentos desagradáveis.  Mas quando temos certeza de que tudo que nos acontece é acionado por nós que vacilamos nas escolhas, nos pensamentos, no que acolhemos em nossas vidas para experiênciar, ficamos assim, com uma carap…

DIÁRIO DE BORDO - Para pensar...

NÃO CONSEGUIR CONCRETIZAR, MATERIALIZAR O QUE QUEREMOS SIGNIFICA QUE ESTAMOS PRESOS AOS VICIOS DIÁRIOS E PESSOAIS QUE NOS DEFINE E IDENTIFICA.
Livia Leão