quarta-feira, 13 de setembro de 2017

ORAR, ORAÇÃO, ORAÇÕES!!! ...

Todas as formas de oração são perfeitos apelos em nos alinharmos com o que queremos, com o que se sente, com o que buscamos dentro de nós e no mundo manifesto e para se manifestar...
Toda nossa energia canalisada para as coisas que em orações invocamos, convocamos ou até imploramos para que se manifestem em sentimentos, sensações e materializações que consideramos ser do bem e do bom para as nossas vidas...
Santificamos os rituais em esquecimento de que a VIDA que estamos "levando" é o ritual sagrado do crescimento e da evolução.
Dharmas e Karmas palavras sânscritas que traduzem sentido da vida em ações causadoras de efeitos... nossos cérebros em êxtase na sua produção de substâncias, a nossa mente em funcionamento e diálogo profundo e harmonioso com a nossa alma e o espírito em alegria nos conduzindo elegantemente para o que aqui viemos experiênciar...
Cantar, dançar, sorrir, dormir, acordar, caminhar, comer nos alimentar, enfim tudo que fazemos é uma oração que se cumpre.
Esse acordar diário para uma dimensão diversa e rica em tudo que se pode ter e trazer para a nossa existência é a oração que se fez no dia anterior "sendo", manifestando-se...
Assim, precisamos de consciência, de estar consciente em nossos atos, em nossas atitudes escolhidas a cada momento em que nos dirigimos em pensamento e quereres a qualquer energia que habita o nosso Ser...
Nossos pedidos de SOCORRO são orações poderosas de nos salvar...
Cantar as músicas que nos acordam os sentidos, que nos elevam o pensamento e nos santificam em arrepios da alma e do espírito é a poderosa oração de todos os buscantes!!! ...
Alegrias substanciais de alcance e ou de alcançar o que quer se queira é a oração da GRATIDÃO e da satisfação prazerosa de nos reconhecermos vivos.
Oração é arrumar a casa, limpar poeiras do ontem, higienizar  lençois e travesseiros de sono e sonho de ontem que já passou...
O passado presente e o presente futuro em passeios mentais que fazem com que repitamos as dores e os horrores temidos e impregnados em nossa memória celular e lembrança da mente fofoqueira que não cansa de nos perturbar... é a nossa ausência presente em nossa vida sem a consciência da oração necessária que precisamos ORAR!!! ...
Silêncio e presença são orações poderosas de conscientes momentos eternos ...
Estaremos aqui manifestados sempre em eternas idas e vindas... e a oração da melhoria da dimensão de corpos, mentes e espírito é a sansara que nos ensina a VIVER!!! ...

Fiquem bem
cuidem-se bem!!!

Livia Leão


OS AMANTES!!! ...


Gosto por demais da conta desse negócio de SER AMANTE!!!
Ser amante é praticar o AMOR, é entregarmo-nos em sentimentos construtivos que nos enobrece e nos conduz a uma felicidade interior passando para o outro aquilo que temos e podemos ser de melhor...
Humanos, pessoas, homens, mulheres, criaturas possuidoras de capacidades lindas de doação, de chegar até o outro, em fazer parte da vida de alguém com a proposta rica de ser feliz em parceria!!!
Num outro vinculo de vida, num outro padrão que vai muito mais honestamente construindo os envolvidos, os envolventes e tudo que os permeia, todas os alcances que dois seres podem experiênciar em sintonia, em falas e silêncios que não têm fim...
Ser amante é esse atirar-se no abismo alheio, nas dores, nos prazeres, nos orgasmos, no cérebro, na alma, na  pele, nos beijos, em linguas e falas que não se ocupam em perder-se...
Ser amante é destemer-se!!! É esperar o tempo encaixar em cronologias organizadas para que o encontro aconteça. É a presença garantida em conversas que nunca se cansam em pernas que se acham e braços que se completam... é permutar e transmudar em aventuras e devaneios possíveis apenas para os românticos amantes entregues e inteiros em qualquer situação...

"... Pense como eu vim de leve
machuquei você de leve 
e me retirei com pés de lã
sei que o seu caminho amanhã
será tudo de bom
mas não me leve sério
passou esse verão
outros passarão
e eu passo!!!
O meu coração parece que perde um pedaço..." 
CHICO BUARQUE DE HOLANDA


"Não se afobe não, que nada é pra já
O amor não tem pressa
ele pode esperar 
em silêncio 
milênios
milênios
no ar...
Amores serão sempre amáveis
Futuros amantes quiçá
se amarão sem saber
o amor que um dia deixei pra você..."
CBUARQUE 

E é esse eterno começar, reencarnações em vidas, experiências a manifestar caminhos de maturar. Preparação incessante dos que sabem que a espera é dos que sabem amar... do amor que é eterno, do amor que é generoso, des-preocupado, infantil de tão vivente, envelhecido de tanto viver...

Livia Leão



PRAZER!!! ...



Todos os PRAZERES de que somos pacazes são parte da nossa riqueza interior. Essa sensação boa que precisa que seja inteiro, envolvendo todos os nossos veículos. Ele é plural não porque nos oferece coisas, mas porque passeia por tudo que somos nós...
Somos corpo, mente e espírito? Não somente, ... porque somos infinitamente potentes em nosso trânsito.
O prazer é o motor que fabricamos sinestesicamente para despertarmos para o que nos é caro!!! É a manifestação de que aquilo é bom, tão bom que nos dá prazer, que nos concede prazeres...
Prazer de tudo que somos, de tudo que alcançamos, prazer de ter consciência da Vida que habita em nós em escolhas que nos mantém e sustentam prazerosamente, ... ADORO!!!
Sentir prazer é libertador, se permitir viver de prazer e com prazer é saber que somos nós humanos herdeiros do Universo e da Energia que tudo crea ou cria, das mais divinas capacidades de sentir e reconhecer e até mesmo conceituar tudo que acontece em nosso organismo em manifestações prazerosas.
Prazer em sentir a nossa pele, de sentir os cheirinhos bons que muita coisa tem, os sabores, em tocar os objetos, em enxergá-los, em nos encantarmos com o outro, em nos interessarmos pelo outro, ... prazer em nos dirigirmos ao outro, em nos aproximarmos dos outros...
Prazer em ter vida, em estar viva, em viver!!! ... PRAZER!!!
Tomar banho, cortar o cabelo, fazer unha, caminhar, ver o céu, ver as nuvens, ... contemplar a beleza que há nos espaços, ... fazer a nossa comidinha, de regar nossas plantinhas, ... arrumar a casa, ... gostar do  dia a dia rotineiro e preenchido de nossa energia que pode ser como a gente colocar.
Delícia de vida que se pode ter. Compromissos prazerosos, responsabilidade preenchida de prazer só de saber que foi tudo escolha que fizemos... Uhummm!!!
Ler, escrever, desfrutar das mentes inquietas, dos olhares alheios, ... dos carros, das vias, dos condutores, da energia que se alcança em observações lotadas de vazio de não conhecer...
Prazer em nos identificarmos. Em saber que somos essa conexão fabulosa, maravilhosa, com tudo que conseguimos alcançar... daquilo que descordamos, do que consideramos ser prejudicial, nocivo mas que é parte do equilíbrio que há e que se faz presente sempre e o tempo todo...
Para todos os nossos sentimentos e emoções e que acontecem o seu oposto em julgamento.
Prazer em nossos direitos, em nossos deveres, ... em nossa caminhada e jornada desde que estamos por aqui...
PRAZER de libertarmo-nos dos pesados fardos que levamos anos, décadas de nossas vidas carregando desnecessariamente!!! ... Prazer em lembranças e memórias, da presença de tudo que nos concede ser tudo que precisamos e queremos ser...
PRAZER em nossa própria companhia, em nos acompanharmos de quem quizermos lembrar... de morar só e ter a casa cheia de coisas e pessoas que se ama...
PRAZER em nada preterir sem ser acumuladora(o) ...
Prazer em nosso caminho percorrido, ... E é grande e linda a lista de coisas que podemos fazer e que nos dão PRAZER!!! ...
Acordar e escolher a música que está nos dando prazer, de dançar, de cantar, de reverberar todo o nosso enorme PRAZER ...
PRAZER é saber que podemos viver com isso e aquilo e também com aquilo outro. Que a diversidade da VIDA é tanta que não podemos viver preterindo de qualquer coisa, podemos ser e somos o que quisermos em situações que se modificam e que nos transformamos o tempo todo ...


Fiquem bem
cuidem-se bem!!!

Livia Leão






segunda-feira, 11 de setembro de 2017

ESTADO DE BUDA!!! ...

Para mim a iluminação é ser capaz de transformar tudo que está na nossa vida em aprendizado construtivo e não carregar pesos desnecessários. É perdoar sinceramente não porque haja culpa intencional, mas porque somos mantenedores de lixo, acumulamos sentimentos que nos empobrece, quando não nos apodrece!!! ...  este é o exercício que mais exige de nós uma solidão  e silêncio capaz de zerar nosso aparelho que computa as nossas ações e sentimentos acumulados e com efeitos cumulativos de tempos passados demais...
Esse estado de consciência é muito fácil e simples. Requer que sejamos despojados e não possuidores de coisas e doentes sentimentalmente falando. É um trabalho, um trabalho que requer que estejamos presentes enquanto o cumprimos. Um lavouro que é dia a dia a todo instante com muita atenção em tudo que fazemos, pensamos e dizemos.
Comprometermo-nos com a nossa existência em crescimentos que nos favorecem, que nos patrocinam felicidade e leveza é bom demais. Deixamos tudo onde está. Não carregamos nada nas costas como pesos pesados demais para a nossa estrutura física, mental, emocional e energética.
Todas as nossas conquistas que são internas levam tempo cronológico para serem alcançadas porque somos nascidos para ser mutantes e criamos couraças demais enquanto vamos fazendo de conta que estamos vivendo. Compramos brigas desnecessárias. Apostamos em coisas fadadas ao fracasso porque o sucesso só pode ser uma coisa do sentimento quando estamos no caminho que está nos conduzindo a felicidade substancial e ao peso que podemos suportar.
Por isso a leveza é uma meta que precisa ser conquistada.
E aí vamos passeando pelo caminhos dos outros, pelas escolhas dos outros. Pelos encontros maya (ilusão) que vamos atraindo distraidamente. E sustentamos por décadas em nossas existências como se fossem carmas ruins que precisamos cumprir.
Tudo coisa da nossa mente dodoi e de nossa alma adoecida ... esse é um castigo que podemos saltar. Que devemos sair dele em desobediencia rebelde porque é uma armadilha. Ao longo do tempo vamos ouvindo muita coisa que nada tem de real e de inexorável. Estamos quase sempre esperando que o outro nos anistie das coisas que assumimos sem a menor necessidade. Simples prazer na dor e do sofrimento que nos inpingimos de jogar no lixo as coisas que consideramos  mais significativas que a nossa própria vida!!! ...
Somos nós quem temos de bancar as nossas escolhas, somos nós que abraçamos de forma errada os compromissos solitários e sem fundamento que fantasiamos serem nossos.
Não damos tempo e nem oportunidade de estar só para prestarmos atenção em nós mesmos... quebramos os espelhos e aí saímos pela vida em passeios sem prazer algum como se fosse obrigação estar ali ou acolá sem olhar para o que estamos causando em nós mesmos.
O resgate é difícil depois de nos acostumarmos em dias e dias assim assim. Em nos viciarmos nos espaços enquadrados, entrópicos e enganosos.
A luz incomoda demais aos transeuntes entorpecidos e dopados que estão nas ruas, nas casas, nos espaços de conviver...
Ocupados com o sofrimento e fugindo da dor.
Com medo das mudanças mentais, emocionais, afetivas, ... do prazer do corpo físico. Preferimos  viajar mentalmente e continuar ali, aqui ou acolá com a mochila nas costas até encontrar um lugar melhor para habitar.
Com medo de perder geladeira, fogão e liquidificador ocupamo-nos com estados civis e nem um pouco com os estados de consciência que geram saúde, amor e vida. Prestar atenção no outro dá trabalho demais e então a gente sempre se associa a quem nos despreza e nos isola de seu mundo ainda que morando no mesmoo espaço geográfico.
E aí as Igrejas, Templos, Terreiros, etc, etc, e tal estão lotados de pessoas aprisionadas, infelizes, angustiadas, buscantes equivocados reféns dos espertos humanos que sabem o segredo das suas fraquezas e fragilidades.
Iluminarmo-nos é libertarmo-nos. É sairmos do escuro para o claro. É assumirmos a nossa vida em alegrias importantes e mantenedoras do nosso equilíbrio e harmonia. É amarmos a nós mesmas em construção de um respeito que transcende qualquer falso moralismo. E estar no mundo viva atenta acordada e desperta!!! ... Pessoas livres e empoderadas!!!


Fiquem bem
cuidem-se bem!!!

Livia Leão




CAUSA E EFEITO!!!...


As doenças que manifestamos em nosso corpo físico são condições psiquíquicas, energéticas, emocionais e da alma onde o espirito não interfere respeitando o nosso livre arbítrio. 
Nascem da nossa monobra corrompida de viver em ganhos secundários,... a leitura primordial é que estamos "carente", precisamos de "carinho", necessitamos de "atenção" e mudanças em nosso meio ambiente... e que estamos sem recursos próprios de sobreviver a nós mesmos, com toda nossa carga de maus tratos próprios... assim fazemos quase a nossa vida toda.
Vivemos em ambientes onde somos tratados de qualquer maneira, sem o que precisamos e sem condição de nos doar!!! ... Onde não estamos à vontade!!!
Não somos o que somos, não temos o que precisamos, não podemos doar o que temos...
E o mundo está aí para nos comprovar isso. Temos a epidemia da "depressão" e do "câncer" ... Este é o castigo que a humanidade está se impondo, ... culpas e mais culpas preservadas ancestralmente, atávicamente perpetuadas por nós por todo o nosso caminho percorrido até aqui... muitas "gerações" que traduzem exatamente isso, gerar sempre a mesma coisa, se orgulhar em ser como nossos pais, avós, etc, etc... ad eternum!!! 
Considerar que os tempos não passaram, que a gente precisa reinventar a Vida e as nossas existências em respeito a evolução, em consideração ao crescimento e em necessidade de transformar e transmutar esses valores, esses comportamentos sentimentais obsoletos, ... resumindo dar um ponto final nessa continuidade falso moralista.
Repetir padrões que ficaram perdidos no tempo em saudosismos piegas e sem consistência é o fator gerador dos doentes.
Para a Medicina dos chineses ou do oriente enfim, não existe "doença" existem doentes, ... pessoas em desequilíbrio em seus veículos que causam sintomas e geram anomalias, acidentes, fatalidades produzidas pela nossa mente, ... cérebros mau educados ou não educados.
Falta de amor, orientação espiritual, respeito pela nossa própria vida, pelo nosso caminho que é pessoal ainda que os dna's nos condenem.
Essa pouca informação e essa preguiça de tudo que carragamos geneticamente, carmicamente, como fardo pesado e cheio de culpabilidade tem de estar com os dias contados se quisermos ser parte da nova civilização que está se preparando para ocupar o Planeta.
Essa geração está exterminando-se pelo câncer e pela depressão... em desencantos de não procurar crescer e acompanhar o Tempo.
Volores distorcidos são a causa mais comum das patologias que fabricamos em nossos corpos. Medos alimentados... de ser feliz. Culpas e mais culpas de ser perfeito e de viver uma existência perfeita.
Somos um organismo lindo demais, perfeitos sim!!!... que fazemos de tudo para mutilar, adoecer, criminalisar... para nos sentirmos "semelhantes" ... criando assim os umbrais, os infernos, o submundo de todos os nossos crimes em não saber Viver...
O Planeta Hospital!!! O Planeta dos incapacitados por falta de Amor regido pelos que vampirizam suas existências em poderes concedimos pela falta de coragem... 
A verdade é uma temeridade. Ela assusta o Homem e quem a dita é marginalisado compulsoriamente.
Precisamos de todos os fundos do poço para procurá-la dentro de nós. Para concluir que só dentro de nós a conheceremos. Em um processo que é doloroso porque inclui todos os movimentos que passamos a vida evitando. 
A verdade só pode ser encontrada se formos seres corajosos em fazer faxina, limpeza, higienização em nossas mentes, em nossas afetividades doentias, em nossos trabalhos, em nossa familia, em nossas mais cultivadas e cheias de mimos doenças criadas para nos eliminar.
E ainda se coloca a culpa no carma... sem sequer saber o que ele significa.
É um caminho de evolução adoecer, mas é o mais doloroso e gerador de riqueza material para as industrias químicas e farmacêuticas, para os donos do mundo enfim... e de nossas vidas se assim deixarmos, concedermos, permitirmos...
Assim sendo é urgente cuidarmos de nós mesmos, ... todos nós, cada um de nós. 
Descobrir e é dentro de nós, o nosso espaço de saúde a nossa condição de saudável. O que nos adoece tem de ser eliminado com muita delicadeza e carinho. Com pedidos de perdão sem culpa, ... porque estamos aqui para ser FELIZ, porque somos donos do nosso caminho e precisamos assim nos destinar!!! ...
A felicidade dá medo porque é simples demais. Porque é independente e está medrada dentro de nós como algo que não temos acesso e muito menos direito...
Esses conceitos que habitam nossos cérebros e estão abuletados em nossas vidas precisam ser abortados. 
E nós, humanos, precisamos acordar, despertar para uma vida poderosa, impermanente, transformada, transmutada em todas as dimensões de existir...

Fiquem bem
cuidem-se bem!!!

Livia Leão







TERRA DO NUNCA!!! ...

Terra do nunca é aquele lugar que existe dentro da gente e que alimentamos e construimos com nosso jeitinho e as filosofias de vida que vamos escolhendo.
Espaço interior onde preservamos as nossas inocências, o nosso carinho e respeito pelas coisas simples e pelo mundo interior rico em tudo que se acredita.
Estou em processo de construção e des-construção. Colocando em minha vida diária todas as coisas que sempre quis enquanto estava morando com minha familia.
Do que via e que não queria para minha existência estou me desfazendo carinhosamente. 
Um amor lindo que se manifesta quando a gente tem como em termos de recursos mentais e materiais de viver como se quer e que faz bem!!! ...
Desistente de qualquer coisa que possa embargar meu processo de intimidade comigo mesma.
E em silêncio na direção do que quero. 
Terra do nunca é aquele lugar que todos nós temos muito bem protegido. Onde descansamos confortavelmente e relaxamos para ser o que somos sem cuidados exessivos... mais com muito critério para não deixar que qualquer coisa que nos deprecia sobreviva, onde só vive o que nos é caro, precioso, preciso e cheio de sentimentos felizes... 
Eu cultuo a minha Terra do Nunca, naquela minha porção que evito que cresça, que fique endurecida, ... onde posso abrir meus braços em abraços, em beijos que nunca se acabam, em afetos recíprocos e sem receios... Hummmm!!!
Meus sonhos de tudo que ainda não consegui concretizar e que serão materializados, ... 
Terra do Nunca é sobre tudo que nunca quero perder mesmo sem ter ...

fiquem bem 
cuidem-se bem!!!

Livia Leão


MUITA SAUDADE!!! ...


O que é esse sentimento que fica passeando pela nossa cabeça e no peito como um refúgio que nem sempre é bom. Não esquecer alguém e sentir sua falta durante os dias que se sucedem é uma coisa muito interessante.
E voltamos a ser criança quando sentimos essas coisas que não se consegue definir e que parece infantil... mas não é!!!
É bom e ao mesmo tempo não quando não devemos impulsivamente procurar a pessoa que não está perdida e está alojada em nosso pensamento e sentimento o tempo todo é complicado.
Será que ele também pensa em mim... claro que sim ou que não? ... eis a questão!!!
Em todo caso e em casos particulares a melhor coisa a fazer é não fazer e apenas sentir a saudade, desfrutar dela ... porque a saudade é um sintoma de quem ainda está com interesse de retomar qualquer coisa com a pessoa que pode ser um namorado, um amante ou as relações que são de casal, que precisam ser à dois querendo e quereres. E um sintoma de que não somos doentes psiquicamente.,.
Quando se trata de amizade de duas pessoas essa saudade pode ser sanada sem sensação de invação porque a amizade tem um espaço que é peculiar.
Todas as relações têm seus códigos e os códigos de relacionamentos de casal, de  mulher com homem são crueis, porque quando um não quer não adianta ficar batendo na porta pra entrar... o que não quer desliga, fica sem comunicação, silencia de maneira terrível para quem ainda está sintonizada(o)...
E é isto. Falar sobre a saudade que alguém deixa na gente, causa uma sensação bem chatinha, ... só que quando a gente se desliga fica bom. Esperar o tempo que a gente precisa para que toda esse movimento passe, que essa falta, que esse espaço fique ali sem nada, vazio, mas em estado latente.
E eis que de repente qualquer coisa que se busque não para substituir, mas pra sublimar ocupa o tempo mental, preenche os pensamentos e interesses e vai ficando calma a saudade. Vai sendo transferida para outra ocupação e satisfaz porque somos pessoas acima de tudo e cheias de recursos saudáveis de continuar ...
As lamentações é que se fazem chatas, as lamurias de vida infeliz, ... o que não torna nada positivo.
Mas viver a saudade que é da gente é saudável é preciso. Porque inventar desculpas são armadilhas que nos paralizam e que nos fazem levar para outras situações essa sensação de rejeição e de ter sido preterida(o).
Otimizar as nossas relações e as nossas sensações de perdas que são ilusórias em reflexões e tomadas de decisões de posicionarmo-nos é bem mais inteligente e maduro. Mesmo se sabendo que essas são as questões de nossa existência que não passam por maturidade e inteligência, elas são da nossa natureza, da nossa infantil fatia de personalidade e temperamento. Que tem seu encantamento, que pode ser exatamente essa característica que nos torna cheia de charme e diferente. Porque de pessoas duras e sem sentimentos nobres o Planeta está cheio. De vez em quando ser descabida é bom, ser meio maluquinha e romântica idem!!! ...
Eu estou com saudade. Eu estou cheia de falta... da falta que o meu amor me faz. O meu objeto amado. Objeto no sentido poético. Na licença que a poesia me concede.
O homem que amo, que aprendi a amar. Que quero continuar amando...
Saudade é aquilo que  manifesta no corpo da gente que substitue a alegria pela taquicardia...
Bom isso!!!???

Fiquem bem
cuidem-se bem!!!

Livia Leão









domingo, 10 de setembro de 2017

EM PAZ, NA PAZ!!! ...

Vencendo todo dia, cada dia... e aí fico muito orgulhosa de minha determinação. 
Nunca fui tão carnívora, gosto de carne bem moderadamente. A mudança na alimentação é uma conquista diária, porque não é só tirar os "bichos mortos" é inserir legumes, verduras, frutas, ... rearrumar a rotina investindo tempo no preparo, em colocar a energia necessária para causar todas as mudanças que se quer.
E é poético demais, o pensamento fica limpo,... o sono fica bom, a leveza que se quer é encontrada com muita rapidez, porque a nossa forma de "comer" e  alimentar diz muito de nós. 
A tempos que venho sentindo essa necessidade. E por conta de viver em familia a hora das refeições vou me corrompendo. Mas chega o momento em que se tem de fazer o que se tem que fazer!!!...
E aí são desafiantes os primeiros dias (?) ficamos com necessidade de fazer as refeições sozinha, para não gerar tentações... um pouco de fraqueza mas só assim consegue-se mudar!!!
Estou feliz, estou no caminho que quero e que vai me trazer saúde, equilibrio e essa organização boa que preciso para pensar diferente, para viver de maneira diferente do que vivi até aqui no momento em que estou conseguindo colocar em prática o que acredito!!!
Hummmm!!! Muito bom, muito feliz pelo que estou sentindo... 
É muito radical a transformação mas o encontro dia a dia com a nossa natureza e paz interior é uma conquista sem preço!!! ...
Mudança de hábitos, mudar nossos  padrões e costumes e deixar de seguir o  grupo que se convive.
Meu corpo está cheio de gratidão, minha mente está sossegada, ... meu estado emocional e energia estão em harmonia com o que estou buscando por estar me ALIMENTANDO.
Não é nada de céu ou inferno, de me separar do mundo, é encontrar meu lugar saudável de viver.
Felicidade é isso. Está nas simples atitudes, está em mudar nossa energia de vida e jeitinho de viver!!! ...
Não prolonga a vida, só a qualifica em respeito e amor!!! ... 


Fiquem bem
Cuidem-se bem!!!

Livia Leão


APREENDER!!! ...



"Eu falo de amor a vida e não do medo da morte" Paulinho Moska
Gosto dessa frase, dessa composição que tanto podemos falar sem cansaço até esgotar, porque é isso que o mundo apresenta pra gente. O medo da vida traduz a falta de amor, induz à morte ou leva a morte em seus inúmeros modelos e formas!!! ... 
Exausta me entrego, me rendo!!!
E a felicidade vem linda leve e solta.
Decisões são para serem acatadas. 
Mudanças precisam ser feitas e atitudes devem ser tomadas para que as transformações aconteçam... 
Viver é um processo muito bacana. 
Conquistar dentro da gente um lugar de conforto e sossegado decorar o nosso interior tal qual decoramos o lugar onde queremos viver.
 A nossa casa, o espaço onde trabalhamos, as nossas frequentes visitas que precisam de beleza, leveza e harmonia.
Esse equilibrio que nos faz bem só pode ser experienciado quando estamos habitando nosso universo particular com alegria e muita honestidade. 
Passo a passo desfrutar essa caminhada. Um prazer inenarável.
 Amor a vida, amar a vida, ... a nossa própria vida!!! ... E o mais é invensão da nossa mente, ... doce celebração da alegria de estar viva!!!
 Desfrutar com direito a conhecer todos os sabores que qualquer coisa tem!!! 
E o medo da morte? ... 
O medo da morte deixa para o momento em que ela se apresenta, ou em que ela se apresentar!!! ... Gosto dela como gosto de nascer todos os dias enquanto ela não me escolhe eu não vou me encolher!!!


Fiquem bem 
cuidem-se bem!!!

Livia Leão



sábado, 9 de setembro de 2017

FAXINEIRA, EU? ...








Em dia de faxina escolho músicas; músicas que me inspirem para higienizar minha casa. 
De encontrar coisas que procuro em um momento de urgência!!! ... Organizada eu sou, mas o vento trás poeiras e sempre há o que nos desfazermos. Hoje foi esse dia, dia de procurar papeis. Logo encontrei claro!!! ... e aí fui ver fotografia, entrei no túnel do tempo e vivi uma aventura deliciosa. Ver meus irmãos jovens, me ver jovem!!! Meus sobrinhos pequenos, um lugar que ficou no passado, em um lindo passado que deu alegria rever.
Já nos despedimos de dois irmãos, já estamos em rota de retorno!!! ... E numa familia de muitos irmãos há sempre uma confusão cármica, um entorno complicado onde as pessoas se desentendem em um amor que é incondicional. 
E é tanto amor que doe. É o amor mais vagabundo que conheço e o mais lindo de todos que já experienciei.
Não precisa de nada, quando estamos juntos é sempre o "catu-quais-quais". 
- Lembra daquilo? Tu fez aquilo, ...
fulano é assim, beltrano é assado! enfim, loucura!!! Mas eis que um vai embora e o espaço fica ali, vazio, aberto, impreenchivel...
Sempre fico meio que de fora das "coisas" que acontecem, de fora observando, prestando atenção neles. Meus olhos de crítica e de quem escreve. 
Em meu mundo pequeno, fechado, ... exílio de quem precisa de recolhimento e solidão para escrever há muita coisa guardada em "memórias" com esse olhar!!! ... Lembranças são poucas!!! Memória, muita memória da pele... sofrimento e dor, marcado a ferro, tatuado de maneira imprecionante.
Fico estranha quando acesso essas coisas, ... 
Ouvi música que escutávamos quando éramos jovens, aquelas músicas que escutava para escrever poesia enquanto todos dormiam!!!
Música que nos faz apaixona, que me apaixono. Acordes lindos, instrumentais ricos e harmonias poderosas. Muito bom gosto!!! ...
Nasci em um tempo de muita repressão, principalmente para as meninas, menos para mim. Sempre fui muito livre, dona do meu tempo, das minhas vontades!!! ... Tudo isso graças ao meu dom de escrever... de me salvar!!! 
Digo o que penso quase sempre. Consigo perder em tempo record oportunidade de relacionamento por conta de ser essa velocidade emocional. Essa pessoa que fica décadas sozinha e de repente volta a ser só uma e muitas ao mesmo tempo pelo talento de ser sincerissida!!! ...
Mas é isso mesmo... tudo tem seu ônus e bônus. 
O ônus é insignificante em relação ao bônus de não perder essa caracteristica que aprendi a gostar.
E vendo as fotos tive noção do quanto caminhei pra chegar aqui. 
Décadas de conquistas de mim mesma. Tempo de muita angustia e contra-dição!!! Mas valeu... valeu mesmo!!! Não os episódios claro, mas o que fiz com eles.
O tempo se arrastou enquanto sofria. Mas agora? Ele corre e eu preciso correr com ele...


Fiquem bem
cuidem-se bem!!!

Livia Leão





DEMASIADAMENTE HUMANA!!! ...


Na verdade a Verdade são sempre três: a minha a do outro e a verdadeira!!! ... 
Nada é mais difícil que respeitar as escolhas de quem amamos... ou de quem estamos querendo amar!!!
Essa prática de ficar olhando a quem amamos tomando rumos diferentes demais dos nossos, caminhando para algo que nos remete a experiências sincrônicas ou mesmo que nos distancia faz nascer uma sensação horrível de prematuras separações. 
Pessoas que negam a gente a oportunidade de ficar um pouco mais em suas existências e fazer qualquer coisa que seja em parceria... e com uma postura radical com propósito. 
Sentir a dor e viver tristezas que a gente sabe que não há necessidade é ruim demais.
Quando estamos realmente desgastados em uma situação considero que a dor seja parte desse corte, mas quando algo sequer começou a tomar forma frustra demais... esse movimento de negar a chance que a gente faz quando sente qualquer ameaça de perder qualquer coisa que seja.
É um luto diferente porque fica um impulso de procurar entender, de tentar "remendar", de insistir em querer retomar de onde se parou (???) ... de considerar que aconteceu qualquer coisa que não está sendo dita... enfim zilhões de coisas que temos de digerir internamente com carinha de rejeição e sabor de "você não é como preciso" para viver as minhas experiências. 
Chato demais, mas preciso quando estamos na posição da(o) preterida(o)...
Essa maturidade é conquistada a duras penas, em demonstrações de personalidade endurecida, marcada, sem estima.
E o cuidado que precisamos ter para não cair naquela sarjeta? Para não nos tornamos inconvenientes,... insistentes excessivamente nos tornando qualquer coisa que não consideramos da maior importância.
Mendigos de afeto, atenção, cuidado e desmerecedores de afetividade. Hummm, péssimo!!!
E aí ao invés de sermos espontâneas, naturais, nos tornamos pensadoras sem noção porque qualquer movimento tem de ser muito bem "pensado" para não ofender, ferir, magoar o outro que está indo com as suas próprias pernas pro mesmo lugar. (escolha aui!!!) ...
Maximizar ou minimizar os sentimentos e as necessidades alheias. Moderar nossos impulsos para não ir além do que se deve em relação a qualquer pessoa em qualquer relação é uma arte, ... e quando se fala de um impulso de relacionamento de mulher com um homem então(!!!) é doido!... porque pode ser rápido de acontecer e ao mesmo tempo mágico de dar em nada... é instantâneo!!!
Tudo assusta! Tudo nos pega em surprezas diferentes que ensina exatamente o que considero desnecessário aprender que é dissimular, que é anti-naturalizar... e que se pensou inocentemente que não ia passar!!! Buáaaa ...
Infantil elocubrar coisas para encontrar razão. Pensar que se cometeu erro, excesso, ... que se foi além do que o outro pode administrar.
E o que é mais doido é pensar que você não correspondeu ao que estava-se criando...
Mas se o outro não é adulto e maduro o suficiente para ouvir o som das suas verdades por que mesmo continuar considerando ser ele alguém que deve ficar do nosso lado? ... (boa pergunta?) sei lá!!!
Desprendermo-nos de qualquer coisa é sempre uma prática que a gente leva tempo para considerar!!! Porque colocamos a vaidade e uma dose de posse naquilo que estamos empenhados em conquistar porque encontrou qualquer motivo para agir  assim é natural, não? Mas assustador!!!
O fato é que o outro já foi, se mandou, pegou o primeiro trêm para uma estação bem longe de nós ou sequer desceu na que estamos!!!
Os medos são diferentes, mas são medos.
E o medo de ser bom, de dar pé como se diz, é o mais comum em nós, ... porque esse "barato" de ser feliz incomoda e nos acomoda. Abrimos mão com maior fecilidade de qualquer coisa que esteja nos patrocinando prazer pelo medo de daqui a pouco que esse prazer seja transformado, modificado, alterado.
Enfim!!! Somos uma loucura sana de universos diversos demais. Pessoas em frequências que não se casam. Seres que não cuidam de suas sintonias e que vivem uma vida desconectados ainda que com seus aparelhos ligados. Humanos medrados  ou de qualquer coisa que pode dar certo!!! ... E aí fazemos tudo errado!!! Será???
Entra o arquétipo do caçador e da caça, muito analisado em uma relação de homem com mulher. O homem é o caçador e a mulher é a caça!!! É o macho que é o predador e a fêmea que tem de se deixar caçar. (Hummm)... E a caça quase sempre morre.
O homem conquista e a mulher depois de conquistada mantém a "relação", ... o relacionamento que é só dela, porque ele já está em outro movimento de conquista, mesmo que não seja de uma pessoa, mas de outros assuntos, interesses... enfim enquanto a mulher fica ali mantendo alguma coisa, qualquer coisa que seja convencionado dentro daquele padrão de acordo.
E podemos inventar zilhões de teorias, espernear, filosofar enjoadamente que não rola!!! ... srsrs
E não adianta dizer eu estou aqui ou aí... porque ele é que não está nem aqui e nem aí!!! E é isso...



Fiquem bem
cuidem-se bem!!!


Livia Leão




quinta-feira, 7 de setembro de 2017

O AMOR!!! ...

Sempre me renovo quando encontro o amor, esse que a gente se sente bem, que parece que o nosso ser vai transbordar de felicidade e de alegrias de quintal... Desses que a gente pensa que não vai mais sentir porque o tempo andou, ... passou!!!
Mas é algo que seduz sempre que acontece uma possibilidade ainda que remota de viver um amor, ... de encontrar um parceiro pra vida com uma dose grande de afinidades e sintonia no pensamento e compreensão da vida.
E eu ganhei de presente um amor assim, desses que a gente se sente em casa, de que se pode confiar, relaxar se entregar e ir...
Dentro de mim há uma centelha de esperança de que ele me queira como eu o quero, ... assim que qualquer dúvida passar, ... assim que se sinta forte e poderoso como realmente é.
E eu estarei aqui esperando, ... para ficar do seu lado, para acompanha-lo em sua jornada e fazermos a nossa juntos!!! ...
E é isso, não pode ser muito nem pouco, não pode demorar e nem acelerar. Podemos nós nos encontrar e viver o que quisermos juntos!!! 
Ai que bom que o amor não tira férias... adoro!!!


Livia Leão


"A FORÇA DO QUERER"

Bem!!! Começo dizendo da música impactante que escolheram para pano de fundo e que pra mim é o que acrescenta toda carga emocional da cena, da interpretação dos atores, enfim!!!
Os temas abordados pela enlouquecida GLORIA PERES, um canal riquissimo de passar informação e de alertar pessoas pra a vida densa que fazemos e os caminhos que trilhamos enquanto estamos aqui. Escolhas perigosas, viagens aterrorizantes dos nossos cérebros que sem comando vai percorrendo estradas tortuosas.
Escreve sozinha os diálogos encaixados, as falas e pesquisa muito seriamente a mente humana  (e é uma mente humana) conseguindo retratar o cenário das familias, dos bairros, das cidades e das pessoas com muita verdade... Uma verdade tenebrosa!!!
Os personagens mais leves são fanfarrões, idiotas e medíocres. Os núcleos de familia todos em descompasso tal qual na vida real. O relacionamento é abordado como uma ferramenta de nos atentarmos para a forma como nos entregamos às paixões e ao sentimento que queremos construir com o outro em dominâncias sem saúde. Ele é sempre desigual em qualquer gênero. Há sempre o que se dá e cede com uma frequência tão discrepante que exaure.
Tem personagem para cada espaço dentro de nós mesmos, espelhos "complicados" que só vendo as cenas para a gente ficar com a angustia de nos reconhecermos ali.
Não gosto dos temas, fico aflita e passo momentos de tristeza e horror assistindo. Mas adoro os enlouquecidos atores que doam suas peles, seus sentimentos e sua fala. Sua memória para interpretar esses dramas terríveis que se multiplicam a todo instantes na vida humana em todo Planeta!!!
É um faz de conta real. E no meu ponto de vista é tudo retratado da forma mais crível e que por isso mesmo nos angustia!!!
Parece que não mas estou elogiando, estou pensando e tentando retratar as muitas emoções, o que vivo enquanto assisto as novelas, principalmente as da Glória que faz uma catarse fantástica, que se livra e nos ajuda a livrar como ninguém do seu próprio, do meu, do nosso lado sombrio.
O mundo não é um lugar confortável assim como a familia. E as nossas escolhas são parte desse retrato social deprimente que sentimos na carne, que presenciamos, que vivemos!!! Que somos e que somamos o que é mais grave!!!...
 Meu respeito pelo trabalho de todos os envolvidos nessa obra. No cuidado com a dose certa pra não causar os estragos desnecessários...
E o nosso sadomasoquismo nos prende na trama e vamos assim todos os dias querendo saber o rumo que cada personagem vai tomar!!! ...
O caminho da informação popular e democrática, onde qualquer um pode dar opinião, tomar decisões pelo personagem com quem mais se identifica em saídas para as próprias questões ali abordadas!!!

Fiquem bem
cuidem-se bem!!!

Livia Leão




quarta-feira, 6 de setembro de 2017

DA MORTE DO AMOR!!! ...



Das minhas experiências de humana onde a carne sofre a dor das coisas que a gente acredita serem reais esse rompimento que a morte causa me dá a sensação mais vazia e oca já experimentada até aqui. É uma sensação sem definição que não há como alimentar qualquer coisa porque é nada. 
De vez em quando sinto que preciso esvaziar o nada com um choro provocado pela dor. Uma dor que não passa pelo veículo físico, ultrapassa toda nossa compreensão e tudo se perde de uma forma inimaginável...
De repente fico pensando e pensando e pensando sobre o que está acontecendo em mim e parece que eu é que morri... e mesmo falando, andando, passando dias e dias seguidos tenho essa sensação...
Não alimento dor, não invisto meu tempo em lamentações e não são lamentações, é a morte mesmo pura e simples... é o final de linha!!! Que linha?
Foi arrancado de mim algo que ainda não identifiquei e me foi acrescentado algumas coisas que não sei de onde vieram!!!
Esse novo modelo de vida e de ordenar meus dias sem computar o que quer que seja tem sua valia. Parece que tudo é sem importância, nada é importante e qualquer coisa não está importando...
Sei que não estou deprimida, mas estou achando tudo deprimente. Sei que vou encontrar meu rumo e serei de outra jeito uma pessoa que faz seus projetos, que caminha em direção à coisas que tenham sentido e que me façam crer que há o que ser feito.
Quero amar, preciso de amor, ... pensei que tinha uma poupança, mas não tenho... acho que a gastei tanto que esvaziou!!!
O saldo ainda não está negativo, mas está residual!!!
Preciso dessa energia. Em dominância e equilibrio, em cuidados e carinhos que renovam e abastecem. Abasteçam... abastecerão?

Fiquem bem
cuidem-se bem!!!


Livia Leão






GENTILEZAS DELICADAS!!! ...

Desde criança que as pessoas delicadas e gentis me chamam atenção. Que olho com muito mais admiração e cuidado para as pessoas que conseguem manifestar essas características e colocam em suas atitudes e comportamentos diários essas lindas maçanetas que abrem portas na vida e para a vida.
São facilitadoras demais quando a gente quer conseguir harmonizar energias que nos trarão para perto o que queremos.
Pessoas delicadas e gentis são pessoas ocupadas com a melhora do Planeta, são seres de especiais energia que nos cruzam o caminho para que a gente passe a crer que esses predicados são de grande valia no processo e na engrenagem do mundo em evolução, ...
E que a delicadeza e a gentileza não são pieguices e muito menos coisa de um mundo de ilusões maior do que se  pode suportar e de "mimimi", muito menos disso!!! ...
Contaminarmo-nos dessa prática de natureza positiva e que nos concede um caminhar mais leve e rico em poder sobre nós mesmos é muito bom!!! ... Saber que ser gentil e delicado(a) não quer dizer que se é permissivo e bobo, pelo contrário, são ferramentas utilíssimas no nosso caminho que precisa ser de empoderamento e confiança.
Não são estratégias são características lindissimas que podemos todos os dias trabalhar e implantar em qualquer situação e usar delas para nos melhorarmos e nos humanizarmos...

Fiquem bem
cuidem-se bem!!!

Livia Leão





CILADAS HUMANAS!!! ...

Sobre a sindrome que está acometendo muita gente no mundo que é a de sentir CONSELHEIRA(O); Hummm ... para determinadas pessoas como eu por exemplo não serve. Sou péssima tanto para dar como pra receber conselhos!!! Não me considero com essa competência por duas razões; primeiro porque todas as pessoas têm em sua caixa craniana um precioso cérebro; segundo porque a minha verdade só cabe e serve na minha vida e  pra minha vida...
Cabeça dos outros é terra que não se anda e as loucuras alheias variam demais!!! ... Loucas decisões, passagens pela vida de cada um, acontecimentos que causaram danos de aprendizagem que conduzem a lugares que somente quem vive ou viveu sabe.
O nosso processo de apreendizado em aprendizados varia muito. Porque depende do olhar e do que se consegue alcançar. E as experiências de cada um têm o valor que se dá.
Essas qualificações e quantificações são perigosas fontes de informações que não se  pode inferir.
Nós humanos somos muito arrogantes e pretenciosos e esses dois temperos fazem de nós humanos pacíveis de enganos, erros, injustas análises de terroristas de alcova da pior qualidade. 
Saímos disseminando pelo mundo o que não podemos sequer nos referir.
Não é preciso temer e nem viver em sobressalto mas é necessário cuidado, carinho, RESPEITO por tudo que a gente inicia levianamente em comentários com intenção de divulgar o que quer que seja ou falar de um assunto que não nos diz respeito. 
Necessidade de dar opinião e de ter opinião sobre tudo em sabedorias que denotam nossa ignorância arrogante e sem substância.
Na verdade não sabemos o que fazer com as nossas próprias vidas, estamos sem nenhum argumento e competência assim para qualquer posição que se considere superior a qualquer outra pessoa.
Podemos saber da nossa vida , mas da do outro quase nunca, porque a informação que temos é a que ele também consegue passar sem muita consistência e auto-conhecimento. (???)
E por uma questão de falta do que fazer ficamos nos tornando ervas daninhas do jardim maravilhoso que pode ser a nossa própria vida... que tal!!! ...
Essas são pequenas transformações que nos conduzem a um processo de crescimento muito bacana!!! Vale conferir ...



Fiquem bem
cuidem-se bem!!!

Livia Leão

ALERTA GERAL!!! ...



Hoje tem uma energia diferente no ar, ... tem os conceitos e os pré-conceitos passeando pelas zilhões de opiniões sobre alguns assuntos que quem sabe vai desenrolar!!! Pobre de nós com a nossa mente desvirtuada considerar que ficaremos impunes ou que somos imunes às nossas escolhas em feitos que causarão situações que se expalham e resvalam em todos como uma peste...
O Planeta está em ebolição e é causa e efeito simultâneos em uma velocidade estonteante. O Homem adoecido em poder e pouca inteligencia emocional serve à tudo que ele sequer sabe!!! ... Todo esse movimento planetário é permitido e permicivo para que as transformações sejam geradas da maneira menos indicada por conta da preguiça e da ignorância.
Saímos de uma pouca sabedoria em descobrirmo-nos para uma sociedade perdida, des-encontrada, narcotizada, embriagada, de olhos vedados em cegueiras convenientes.
O Homem quer ser além do que lhe cabe e não sustenta, ... além de procurar de todas as maneiras eternizar-se em atitudes que o levam a essa condição.
Lamentável momento do "tem que ser, ... é assim mesmo" ... E a Lei Mística máxima que rege o Universo cumpre-se sempre e o tempo todo... Se faz cumprir e nós estamos sentindo sua força e poder sem sequer nos mexer!!! ...
ela é intima, pessoal e é Univérsica vai somando multiplicando, dividindo, diminuindo em operações possíveis de se enxergar... porque é nossa a cognição condenativa!!!
Pode ser o que a gente quiser... olhar de fora, fazer parte, acreditar e ir... seguir as nossas mais lindas intuições e sentimentalidade.
Quando estamos no caminho "certo", onde os efeitos serão por nós sustentatos sabemos perfeitamente.
Mas os embriagados alienados viventes, transeuntes do Planeta (são zilhões) vivem uma viagem mental que está mais pra pesadelo.
E vamos nós nessa jornada abismal de sentir, de perceber, de alcançar os terremotos, os vendavais, as guerras e batalhas que são dos individuos e que se tornam do Planeta!!! ...
A conspiração acontece em outras dimensões de existir e nós escolhemos onde queremos estar...


Fiquem bem
cuidem-se bem!!!


Livia Leão





SOBRE PRINCESAS E PRINCIPES!!! ...


Por que o principe precisa ser encantado? ... porque ele precisa estar encantado com as  qualidades, com as escolhas e com o Ser que viu em nós... porque enxergamos no outro aquilo que precisamos crer que somos.  Os principes assim como as princesas precisam Ser muito além do que se pode ver... coisa que só o encantamento alcança!!!
Assim e só assim os encontros podem ser iniciados!!!
Ainda que não se entenda ainda que se queira o que pensamos querer as coisas do mundo manifesto só acontecem nesse plano quando estamos prontos para esse reinado, esse padrão modelo de encontro!!!
Nem sempre em casamentos pomposos, quase nunca em rotinas que nos empobrece, mas em um âmbito que nos parece impossível, que favorece a verdade e a realidade do tempo e não do momento!!!...
Princesas e principes são encantados e chegam para nos acolher e aconchegar em mentes capazes de AMAR!!! ... 

Fiquem bem
cuidem-se!!!

Livia Leão






ORAR, ORAÇÃO, ORAÇÕES!!! ...

Todas as formas de oração são perfeitos apelos em nos alinharmos com o que queremos, com o que se sente, com o que buscamos dentro de nós...