Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2010

DIÁRIO DE BORDO - Todo sentimento... !!!

Quando questionamos a violência, a fome, a miséria, mentiras eleitoreiras, verdades perigosas criadas para manipular; as diferenças sociais, a falta de oportunidade; estamos pondo em risco a existência de deus como foi conceituado.  "Não cai uma folha sem que ele permita" ... (?) Confiar seguramente; dizer seguramente que usamos nosso livre arbítrio e que também somos, como dizia Cazuza "...Cobaias de deus..." que somos livres e ao mesmo tempo parte de um "quebra-cabeça"... Dar conta de tudo que acontece em âmbitos inimagináveis e ainda ser humano com um sem número de tarefas repetitivas e enfadonhas de ser geradora, aprisionada a zilhões de "necessidades" faz de nós pessoas doentes, tristes, deprimidas, oprimidas, drogadas, cansadas, aprisionadas, causadoras de efeitos difíceis de assumir que somos nós mesmos quem atraímos. Daí a necessidade de um deus que põe a mão em nós e tira a mão de nós... Existe no Universo microcósmico e macrocósmico e em c…

DIÁRIO DE BORDO - Astrologia... uma revelação apaixonante!!!

"
"... O AMOR NÃO É APENAS UMA TROCA DE NECESSIDADES.
ESTA É A SUA FORMA ILUSÓRIA. 
ELE É UM SENTIMENTO AQUÉM E ALÉM DA NECESSIDADE DE SENTI-LO. ... DURANTE A VIGÊNCIA DE UM SENTIMENTO, SABER SE É AMOR OU CLAMOR DE ALGUMA NECESSIDADE É OUTRO ENIGMA DE DIFÍCIL ELUCIDAÇÃO. 
A DIFERENÇA PORÉM É SUTÍL MAS PERCEPTÍVEL 
NÃO SE SABE QUANDO É NECESSIDADE, PORÉM QUANDO É AMOR, SABE-SE SEMPRE. 
O AMOR PRÉ-EXISTE, PÓST-EXISTE, SUB-EXISTEE SOBRE-EXISTEA TODAS AS PROVASQUE COM ELE FAZEMOS.
RESISTE ATÉ À NOSSA INCAPACIDADE DE ALIMENTÁ-LO COM CARINHO E ATENÇÃO - SEUS ALIMENTOS..."

Artur da Távola


"... O amor é para o leonino um fato pessoal que não depende do outro para despertá-lo. Ele já nasce autodespertado para o fato, o outro é somente o complemento natural como o segundo "partner" é necessário para a dança... o amor é talvez o mais importante foco de energia de auto-estima, como também o mais possante dinamizador da vida, daí a sua analogia com o signo de leão..."

DIÁRIO DE BORDO - Aqui, agora e sempre...

De todas as criações do Homem, a mais complicada de se lidar é "DEUS".  Nem mesmo eles (nós) sabem o que fazer com algo criado para nos tornar reféns, para nos oprimir, para nos tirar responsabilidades e consequentemente liberdade. Mesmo quando somos pensantes e conscientes, fazemos parte do inconsciente coletivo que está em nossa memória ancestral, em nosso dna, impregnado em tudo e torna-se verdade porque ganha do cérebro pelo cansaço, pela estatística, pelas energias que passeiam preguiçosamente...
e medo, muito medo...
O piloto automático nos faz viver em perigo, sem rota... perdemos o mapa de nossas existências e apagamos os caminhos que nos levam a reflexão e à compreensão de todas as dimensões de existir. Acreditar, confiar e ter fé são sentimentos difíceis de praticar...  nos sentirmos seguros sem lançarmos mão de muletas, apegos, é complicadérrimo!!! Precisamos de um deus ou de deuses mitológicos, arquetípicos... que se existissem ou existem devem estar exaustos de tanta…

DIÁRIO DE BORDO - Nem pense que é fácil!

A irritabilidade que dá quando se toma corticoide não é maior do que quando se deixa de tomar... juntando com o climatério?! é a treva!!! Paciência, determinação, distanciamento... enfim, são muitos os sentimentos e atitudes que se precisa para não sucumbir. ahahahahahaha!!! Tudo fica praticamente impossível... mas não é na realidade. Porque é necessário nos comportarmos de maneira tranquila para não nos comprometermos com os outros e também não criarmos animosidades desnecessárias. Bom mesmo é o deserto... e nada é contra alguém ou mesmo ninguém.. AHAHAHAHAHAH!!! Simples, isolamento para evitar acontecimentos desagradáveis e fazer inimigos gratuitos! A única coisa que eu sei é que não quero absolutamente nada e descubro a cada momento que o que melhor que posso fazer é declarar em alto e bom tom isso; para que não me cogitem, para que não me acionem, para que não pensem que estou sendo "menina maluquinha". A verdade é que seria simples dizer coisas bonitas e cheias de heroismos, mas…

DIÁRIO DE BORDO - Sentido da vida...

O anjo da morte precisa ser melhor compreendido e de maneira consciênte aceito sem dramas e medos nascidos de uma "vida" recheada de frustrações e não entendimento. Passamos muito tempo enquanto temos um corpo biológico para cuidar ocupados com coisas que não têm importância, fazendo coisas que não dão prazer, sempre pré-ocupados com compromissos assumidos no piloto automático, repetindo padrão, enfim... UFA!!! transformando e transtornando nossa oportunidade por não saber a real necessidade e escolha de estar aqui. Nos momentos em que nos encontramos encurralados pelas nossas escolhas e inabilidades ficamos com carinha de paisagem atribuindo a quem não tem a menor participação no processo. Essa rede intrigante que fabricamos ao nosso redor e que chega o momento em que nos sentimentos presos, amarrados e sufocados é construída por nós mesmos sem nenhuma dúvida e cabe a nós descobrir como fazer o caminho inverso para dar outro rumo à nossa existência. Pessoas que como uma resina …