sexta-feira, 22 de outubro de 2010

DIÁRIO DE BORDO - Aqui, agora e sempre...





De todas as criações do Homem, a mais complicada de se lidar é "DEUS". 
Nem mesmo eles (nós) sabem o que fazer com algo criado para nos tornar reféns, para nos oprimir, para nos tirar responsabilidades e consequentemente liberdade. Mesmo quando somos pensantes e conscientes, fazemos parte do inconsciente coletivo que está em nossa memória ancestral, em nosso dna, impregnado em tudo e torna-se verdade porque ganha do cérebro pelo cansaço, pela estatística, pelas energias que passeiam preguiçosamente...
e medo, muito medo...
O piloto automático nos faz viver em perigo, sem rota... perdemos o mapa de nossas existências e apagamos os caminhos que nos levam a reflexão e à compreensão de todas as dimensões de existir.
Acreditar, confiar e ter fé são sentimentos difíceis de praticar... 
nos sentirmos seguros sem lançarmos mão de muletas, apegos, é complicadérrimo!!!
Precisamos de um deus ou de deuses mitológicos, arquetípicos... que se existissem ou existem devem estar exaustos de tanta gente que coloca em seus colos toda responsabilidade... toda causa e efeito...
Nós é que somos poderosos possuidores de cérebros inativos, de zonas mortas ou atrofiadas por não serem usadas dentro de uma caixa craniana cuidadosamente evoluida pelo tempo e todos os "big bang's".
Conceber deus, pensar deus... ser deus com toda poder de escolha , decisão e cognição, com o nosso intelecto, com a nossa capacidade infinita de criar dá sempre uma sensação horrível de estar profanando algo que sequer sabemos o que é...
Os cientistas precisam com urgência nos livrar e nos salvar deste inferno ruidoso, silencioso e permissivo que é o medo da VIDA... de todas as vidas(existências) e mortes precisas, necessárias para sermos seres humanos, Homens descidos da árvore, verticalisados... pensantes, lindos, evoluidos, livres, divinos, criadores e creadores... cosmicamente possíveis, sem medo nenhum do compromisso com a eternidade e tudo que pensamos e podemos ser...
Humanamente angustiados, divinamente livres para ser o que quisermos... porque a jornada nunca acaba.
Simples e complicado... porque é preciso assumir.
Não crer em deus é desafiador, acreditar nele é mais ainda.
Provar a existência dele ou negar é necessário coragem, porque significa romper barreiras jamais imaginadas!!!
O que legitima qualquer coisa visível ou invisível é o nosso cérebro, o nosso olhar.
Através dos sentidos e das glândulas que produzem hormônios, neurotransmissores, endorfinas, substâncias enfim que nos patrocinam interesses e abertura consciêncial, acesso a  todas as dimensões alcançando assim a nós mesmos.
Coragem, força, fé, determinação, confiança, segurança, sabedoria, silêncio, quietude, dor, encontro com todos os nossos instantes de viver e morrer sem precisar justificar!!!
Em nenhum tempo e espaço... com corpo biológico ou em energia unissona... simultâneamente, impermanentemente... o tempo todo e todo o tempo.
Fiquem bem,
cuidem-se bem...

Livia Leão




Nenhum comentário:

Postar um comentário

ORAR, ORAÇÃO, ORAÇÕES!!! ...

Todas as formas de oração são perfeitos apelos em nos alinharmos com o que queremos, com o que se sente, com o que buscamos dentro de nós...