segunda-feira, 11 de outubro de 2010

DIÁRIO DE BORDO - Sentido da vida...



O anjo da morte precisa ser melhor compreendido e de maneira consciênte aceito sem dramas e medos nascidos de uma "vida" recheada de frustrações e não entendimento.
Passamos muito tempo enquanto temos um corpo biológico para cuidar ocupados com coisas que não têm importância, fazendo coisas que não dão prazer, sempre pré-ocupados com compromissos assumidos no piloto automático, repetindo padrão, enfim... UFA!!! transformando e transtornando nossa oportunidade por não saber a real necessidade e escolha de estar aqui.
Nos momentos em que nos encontramos encurralados pelas nossas escolhas e inabilidades ficamos com carinha de paisagem atribuindo a quem não tem a menor participação no processo.
Essa rede intrigante que fabricamos ao nosso redor e que chega o momento em que nos sentimentos presos, amarrados e sufocados é construída por nós mesmos sem nenhuma dúvida e cabe a nós descobrir como fazer o caminho inverso para dar outro rumo à nossa existência.
Pessoas que como uma resina nociva impregnam em nosso corpo sutil, que passeiam pela nossa lembrança como se estivesse no calçadão de ipanema.
Permitimos que joguem lixos em nossa orla e covardemente, preguiçosamente ficamos olhando como se nada pudessemos fazer!
Imagina só...!!!
Quem além de nós mesmos pode dar jeito em tudo em nossa existência?
Fazer valer o livre arbitrio com consciência, assumir responsabilidade honesta e sinceramente por tudo que faz parte momentâneamente do nosso tempo e filtrar, selecionar, criterizar com imparcialidade, percebendo o que vai acontecendo dentro de nós mesmos com carinho... todo carinho que merecemos.
A morte funciona bem nestes momentos, pra mim pelo menos, porque mesmo que não se possa eliminar lembranças e sentimentos nascidos de qualquer coisa que se vai vivendo, colocamos em um espaço que não merece acesso, que não tem utilidade e validade.
Todos os dias quando acordamos temos a chance de fazer diferente, de nos colocarmos em primeiro lugar e olhar para nossa existência com muita gratidão e reconhecendo a riqueza que é... sermos quem somos e como somos.
Mesmo que o medo venha, temos que nos permitir...
deixar morrer o velho, o inútil...
dando lugar para o desconhecido de infinitas possibilidades!!!
Que tal boa idéia?
Estejamos atentos...
Fiquem bem
Cuidem-se bem


Livia Leão




Nenhum comentário:

Postar um comentário

ORAR, ORAÇÃO, ORAÇÕES!!! ...

Todas as formas de oração são perfeitos apelos em nos alinharmos com o que queremos, com o que se sente, com o que buscamos dentro de nós...