Pular para o conteúdo principal

DIÁRIO DE BORDO - Fama e proveito!!! O contrário também pode ser...



Fiquei alguns dias sem escrever no meu querido blog, porque estava fazendo outras coisas, inclusive sentindo muita dor, claro!!!
Muitos assuntos desagradáveis, coisas complicadas acontecendo no Brasil e no mundo... graves mesmo.
Catástrofes, mortes cármicas de grandes grupos de pessoas em situações que me deixaram de certa forma em silêncio.
Mas andei tomando conhecimento de algo que me fez querer falar. 
Falar apenas para que façamos uma reflexão ou muitas delas por ser algo que tem bastante pano para mangas... sobre um artista brasileiro conhecido internacionalmente que está passando por um momento difícil de "despejo".
Bem, antes de ser "artista, famoso, celebridade, etc..." ele com certeza é um cidadão e tudo indica que como cidadão não cumpre com suas obrigações "d".
Como cidadão, pode sim perfeitamente passar por necessidades financeiras, crises que todo mundo com certeza passou, passa ou vai passar.
Principalmente quando não sabemos administrar nossas finanças, quando nos comportamos como perdulários e consideramos que o dinheiro não é uma ilusão.
Sendo ele um artista famoso faz-me pensar que tenha ganho bastante dinheiro durante sua longa carreira... sim porque eu estava criança e ele já cantava por aí!!!
A importância dele como artista, músico... "monstro"... não anistia suas dívidas... não o concede privilégios e muito menos o torna "simpático", sociável, agradável... essas coisinhas que facilitam a vida de todos nós.
Abrem-se portas, negociações, conceções até.
Mas em contra-partida quando se é antipático, des-respeitoso... o público, a vida... a natureza faz valer sempre a sua lei máxima e justa de causa e efeito.
Se a pessoa como celebridade não tem humildade de assumir suas "doenças", suas síndromes e vai se tratar uma bela hora a casa cai... é assim com todo mundo, com todos nós... e o fato de ser uma pessoa pública o torna muito mais vulnerável, o deixa muito mais exposto.
Não se pode dizer do outro lado... existe alguém que não nos diz respeito que é dono, proprietário... não importa se homem ou mulhere que tem o direito de fazer valer os seus direitos. 
Antes de tudo trata-se de um problema entre locatário e locador... o fanatísmo torna qualquer ser inteligente oligofrênico e é triste.
Quem do meio artístico se considera amigo, parceiro, enfim, essas coisas que dão acesso e que permite que se ajude de maneira discreta e rápida deveria ter feito isso, antes dessa coisa desagradável invadir os espaços que ficam enlouquecidos pela "fofoca", querendo ver o circo pegar fogo... vender jornal e revista com a des-graça alheia.
Um tremendo mal gosto mesmo.
Para falar mal da pessoa que está do outro lado?
Para considerar um e des-considerar o outro?
Bobeira da grossa...
Fico com vergonha porque diante de tantas coisas sérias, urgentes, realmente lamentáveis esse caso fica sem importância não para ele, mas para o Mundo.
Se a pessoa está precisando de ajuda e nenhum amigo também celebridade, artista famoso se candidatou em socorre-lo... existem planos no Governo Federal de auxílio moradia, bolsa familia, enfim... essas coisas que quem não tem dinheiro lança mão e todo mundo acha que é do balacobaco!!! Pensem bem?
Não é vergonha... precisar dos outros  é condição de todos nós humanos.
Crises são excelentes oportunidades para crescer, amadurecer, acordar!!!
Como diz o Chico... Buarque claro! "A DOR DA GENTE NÃO SAI NO JORNAL".
Se não vamos pagar a dívida por que vamos comprar a briga? Não é mesmo?

Solidaridade não é isso... esse comportamento infantil pega muito mal para pessoas que se consideram inteligente, que são formadores de opinião.
Embora se saiba que somos todos humanos, demasiadamente humanos. T O D O S...

Cuidem-se bem, fiquem bem!

Livia Leão


Comentários

  1. Gostei do "Diário de Bordo". Vou retornar com mais calma. Respondi o comentário que você deixou no Dando Pitacos sobre o Chá de Sucupira. Espero que lhe seja útil!

    Um abração...

    ResponderExcluir
  2. O "Diário de Bordo" está entre as leituras que recomendo no Dando Pitacos e no FotoBob. Confira no "Não deixe de ler"!

    Um abraço...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

PARA VIVER UM GRANDE AMOR...

Estou aqui pra dizer a você que aqui estou... Estou aqui pra dar continuidade ao nosso crescimento juntos... que fazem intervalos pequenos diante da eternidade... É quando sorrio de verdade é quando me acomodo com segurança e me aconchego sem medo. Conheço um pouco dos seus limites, a profundidade das suas lindas qualidades, generosidade, parceria e delicadeza que admiro e preciso em um relacionamento. Assim como antes, em tempos que conseguimos separar, Onde se pode conjugar passado, presente e futuro Onde se pode prever que há o que "rolar" ... Sabemos de amizades, sabemos de conforto e de confiança. A vontade, ficamos sem nenhum desconforto que maculam os encontros e a nossa vontade é superior aos riscos que corremos sem nenhum temor (???) ... Tudo que poderia causar desconforto e separação será retirado e excluído elegantemente porque merecemos...
E tão grande amor que pode ser do outro
mas que é meu...
Não apenas meu, mas inventado por mim
nascido de mim,
em mim...
E q…

Sobre todas as coisas e nenhuma delas em especial!!! ...

Falando assim como quem tem uma certeza absoluta o mundo é muito rico em tudo que a gente pode imaginar. Podemos dele desfrutar como quisermos.  Se temos um mínimo de sabedoria, se conseguimos saber o mínimo de nós mesmos nos sairemos bem diante da vida que vamos escolhendo momento a momento. Tenho medos como qualquer criatura humana que habita o planeta, mas ao longo dos meus dias traduzidos em 59anos fui ganhando um certo jeito de pensa-la; de driblar as minhas fragilidades, de encontrar forças em mim mesma, de não apenas saber quem eu sou agora, mas também de quem quero ir me tornando enquanto passeio por aqui. Lido simplesmente muito mal com a morte, não a minha, mas a das pessoas... e isso se estende não apenas às que penso conhecer, mas a todas as pessoas que sei que morreram, que os seus corpos estão sendo enterrados ou cremados, que enquanto isso acontece no plano físico/material, outras muitas pessoas especulam, inferem,  sobre a vida após o fim ... o encerramento da vida co…

DO QUE PRECISAMOS???

Precisamos de música, ...  precisamos de água, de alegria, de combustíveis e recursos disponíveis, fáceis e práticos. De respeitar as necessidades básicas de viver, de caminhar em ressonância com o que queremos e acreditamos. De nos alinharmos com o que nos acrescenta... Deixar que as pessoas cuidem de si mesmas,  de solidarizarmo-nos com aquilo que podemos de alguma maneira colaborar. E em nossa vida pessoal e intima, ter à mão apenas o que nos favorece e beneficia... os excessos cansam, frustram, destroem qualquer possibilidade de alegria e felicidade. Porque nos exigem tempo demais, trabalho demais, pre-ocupações excessivas. Não nos preenchem, não nos deixam em paz... Tudo que nos desconforta é desnecessário. Precisamos de silêncio e cuidados... de atenção, delicadezas, gentilezas e carinhos... patrocinarmo-nos sentimentos e sensações que nos adormeçam com tranquilidade ainda que não saibamos se amanhã será mesmo outro dia... e será!!! Será um novo dia... traduzido em zilhões de o…