Pular para o conteúdo principal

DIÁRIO DE BORDO - Algumas coisas que precisamos pensar e muito...




Sinto um desconforto com rótulos. 
Considero  limitador e mesquinho.
O Universo do humano jamais pode ser delimitado pelo outro. 
Só nós, cada um de nós deve, se quizer, limitar, delimitar o nosso universo. 
Seja fora ou dentro de nós.
As nossas curiosidades, as nossas vontades, o que nos desperta precisa ser desvendado por nós com muito carinho, com consciência e um silêncio que pode nos amedrontar, mas que se faz necessário conhecer, penetrar... porque nasce um sentimento de amor lindo gerado de uma relação de muito prazer com tudo que somos. 
Precisamos nos tratar com muito carinho, dispensar muita gentileza e delicadeza com o que somos.
Toda paciência e cuidado, bem como condescendência porque o paraíso descoberto em nós pode nos salvar de 
um mundo de possibilidades adoecedoras. 
Sim! Porque nossas emoções são nossas armadilhas para todas as indústrias.
Nos enfeiamos para satisfazer os rótulos, para cumprir os ditos e fazer uso de tudo que é fabricado para nos fazer pensar que somos consumidos.
Correspondendo às mais cruéis de todas as possibilidades.
O respeito e consideração podem evitar inimagináveis atritos e confusões e fazer construir lindos relacionamentos, ainda que esporádicos.
Observo o mundo que é praticamente feito de dizeres que não correspondem, de invasões que vão além do leviano, gerando muita descordia e intrigas feias e causadoras de enormes des-entendimentos que podem ser evitados com certeza.
Mas as nossas "pequenices" nos fazem viajar em movimentos que são terríveis e ameaçadores das nossas próprias vidas, porque não há nada que possamos fazer contra alguém que não seja nós mesmos.
Qualquer rótulo que queiramos "colar" em alguém simplesmente só vai denotar que somos nós quem estamos sentindo ou pensando igual... é difícil assumir isso porque estamos "condicionados" a olhar o outro sempre, mas o outro é o nosso espelho, por mais que a gente rejeite essa idéia, por mais que a gente queira se anistiar não dá mesmo.
Ufa!!! Como é bom e complicado o processo de amadurecimento e de crescimento, que nos permite olhar todas as coisas e pessoas e as deixar onde está, sem querer que sejam e funcionem como nós.
Quando escrevo algo e deixo para concluir depois, sempre fujo de alguma forma do assunto e também perco a energia do momento em que a idéia veio de presente no meu cérebro!!!
Mas sei que dizer dos rótulos é algo pra mim importa e que cumprir os rótulos é algo que não pratico.
Se somos conscientes do que somos eles não colam e não nos afetam...


Livia Leão






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RECEBO E ENTREGO ...

Sobretudo as invisíveis!!! Aquelas que começam no pensamento,  aquelas que alimentamos diariamente em desejos e sonhos de realização. Aquelas que confessamos,  as inconfessáveis,  as insuportáveis,  as inimagináveis por se alojarem no nosso inconsciente, mas que estão em nós em alegres sabotagens. Em merecimentos e baixa estima. Sempre permeando os dois lados que precisamos escolher com consciência e sabedoria. Nos desafiarmos em prestar atenção as nossas escolhas é um exercício que facilita demais a nossa existência em comunhão com a certeza de que estamos encarnados para encontrar dentro de nós o direito e o dever de ser feliz. De compor uma vida e com a Vida uma sinfonia que pareça conosco, que traduz AMOR. Alegrias genuinas ainda que permeadas de todos os outros sentimentos pertinentes aos despertos!!! Sabermos que estamos inspirando e expirando. E esse processo se dá até que a Energia Vital cesse em abandono ao nosso corpo biológico. Somos um impulso do Universo. Depois de termos ido teremos fei…

PARA O MEU AMOR QUE É QUERIDO ...

E eis que a vida nos devolve coisas, memórias, pessoas ...  E eis que o velho se tornou novo e nos confundiu!!! Mas eis também que nós ficamos assim não intimidados, mas cheios de dedos, cautelas, cuidados ... Bom comportamento e falas sinceras que nos traduzem e nos colocam em posições que dão alegria, que nos concede intimidade que velada, pode ser que seja declarada. O amor , ... o amor e o amor... que se repete, que volta, que vai e vem, ...  retornando em novidades iguais em amadurecimentos!!! Amadurecimentos que nos envaidece, que causa imensa curiosidade, que dá vontade de abraçar o corpo, a estória e o caminho percorrido sem programar, sem planejar... Não foi o tempo quem voltou, não fomos nós que retornamos, foram duas pessoas diferentes em iguais movimentos e buscas inquietantes de se espelhar... Liberdade Curiosidade Necessidade de se encontrar... Somos almas iguais e não gêmeas!!! Somos macho e somos fêmea!!! Em delicadezas emocionais Em possibilidades cativantes em const…

EMMANUEL...

A sua chegada e eu ainda menina foi um dos mais ricos momentos da minha infância. Um acontecimento!!! O amor se formou junto com o seu crescimento no utero e explodiu em mim em alegrias de formar afeto, de aprender a cuidar de prestar atenção de acarinhar... Dia a dia todos os dias  convivemos em compartilhamento da nossa pobreza de dinheiro, das nossas necessidades não supridas, mas rica em interesse de vê-lo crescer, de prestar atenção em você... Tenho certeza que somos filhos de uma mesma energia, ... identifiquei a sua forma e o seu silêncio... e por isso te amo, identifico também essa separação estupida deixando em mim um vácuo. Eu sei porque você se foi!!! Ainda não sei porque eu fiquei... Se esperei você chegar e precisei estar na sua volta!!! De volta te conduzo à luz meu Manu... No exercicio de amar não precisa que se faça nada. Ao amar não é necessário qualquer condução... Ele é Assim como você em mim. Ainda estou com a sua presença física tatuada em mim, mas ela irá se colocar e aí vamos pod…