Pular para o conteúdo principal

DIÁRIO DE BORDO - Reconhecendo uma vida feliz!!!




Já estava deitada, quando de repente comecei a pensar em quanta coisa linda posso desfrutar e que sou profundamente grata. Coisas que fazem parte da minha rotina e que me fazem bem e que faço bem.
Acho ou melhor tenho certeza que perdi totalmente o medo de me expor.
O que acontece comigo por ser assim, como sou... e que a cada dia descubro que é maravilhoso...
. Sair de casa e olhar para o céu; desde criança que sou apaixonada pelo céu, pelas nuvens,
. Ouvir música, boa música... lindas músicas, claro!
. Arrumar a casa, limpar, organizar,
. Roupa de cama bonita, limpa e cheirosa, hummmmmmmmmmmmm
. Cuidar das pessoas que eu amo,
. Fazer declaração de amor rasgada, daquelas que deixa a pessoa sem graça... sabe como?
ahahahahah!
. Entrar no Hortifruti e escolher legumes, verduras, frutas, etc...  Adoro a organização de tudo ali... a diversidade de cores, todos os produtos arrumados para causar encantamento; hummmm bom demais! O efeito em mim é positivo por demais.
. Dinheiro
. Liberdade
. Escrever... escrever é o que mais me dá prazer... ainda que não seja uma "escritora"
. Conversar
. Rir vendo televisão e falando muita bobagem...
. Ler bons livros... e bons livros para mim são aqueles que versam sobre assuntos que me interessam, que me acrescentam e diminuem minhas angustias de humana e aquietam minha alma.
. Silêncio
. Paz
. Simplicidade
. Fazer comidinha gostosa para pessoas que eu amo
. Casa com pouca informação e com energia boa
. Transitar pelo mundo de vez em quando me misturando com as pessoas e suas energias diversas...
. Cuidar de pessoas que realmente querem ser cuidadas
. Elegância
. Delicadeza
. Gentileza
. Sinceridade
. Andar de metrô lendo um bom livro
. Caminhar... caminhar e caminhar
. Meu corpo leve e harmonioso
. Coca-cola
. Cerveja sem alcool
. Cortar cabelo
. Tomar banho
. Cheirinho de bebê
. Alfazema da Garrão
. Conforto
. Praticidade
. Objetividade
. Calçados confortáveis
. Roupas confortáveis
. Fazer o que gosto na hora que quero
. Prazer, muito prazer
. Produtos de limpeza de casa
. Meditar enquanto faço comida
. Dançar enquanto arrumo a casa
. Receber pessoas
. Chorar
. Me emocionar com coisas que valem a pena
. Me apaixonar por homens que valem a pena
. Amar, simplesmente amar
. Pensar
. Cuidar do João
. Estar atenta às pessoas que me dizem respeito
. Me distanciar de vez em sempre para sentir saudade... ahahahahah!!!
. Fazer compras em papelaria
. Comprar presentes úteis para pessoas que amo
. Estar atenta às pessoas que me cercam
. Cantar!!!
. Beijar...
. Abraçar
. Meditar
. Ficar sentada na cama simplesmente ouvindo música e lendo e escrevendo e vendo o tempo passar... bom demais!!!
. Pessoas que me fazem ficar de bom humor
. Pessoas inteligentes
. Bons filmes - românticos, claro!!!
. Televisão
. Casseta e Planeta Urgente!!!
. Meu trabalho
. Montanhas
. Mares
. Estradas...
. Paisagens enfim que não podem ser jamais banalisadas por serem vistas todos os dias...
. Fazer DAYMOKU
. Cheirinho de café de manhã
. Suco verde
. Conhecer pessoas
. Viajar...
. Semente de linhaça
. Viajar principalmente na maionese... ahahahahah!!!
Tenho certeza que viveria sem tudo isso, mas que viver com tudo isso é bom para caramba, ah isso é... vamos combinar! 
E tem mais, a dinâmica da vida nos patrocina tanta coisa que fica difícil  dizer todas as coisas que vamos experimentando e experienciando. 
Considero o reconhecimento do que é mais simples como poder ouvir, cheirar, tocar, ver... andar... sem sentir dor! uau é muita raça de milagre... a todo segundo, a própria felicidade.
Estar com o nosso laboratório fisico-químico em dia então é o nirvana... porque só assim conseguimos fazer esse reconhecimento.
 A vida com todas as suas cores, naturalmente perfeita como todos nós merecemos.
Precisamos encontrar nosso jeitinho... e esse é o grande barato de estar viva em uma dimensão de tantas coisas para dar conta... ou não!!! 
A seleção somos nós quem fazemos... 
Asta la vista... 

Livia Leão


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PARA VIVER UM GRANDE AMOR...

Estou aqui pra dizer a você que aqui estou... Estou aqui pra dar continuidade ao nosso crescimento juntos... que fazem intervalos pequenos diante da eternidade... É quando sorrio de verdade é quando me acomodo com segurança e me aconchego sem medo. Conheço um pouco dos seus limites, a profundidade das suas lindas qualidades, generosidade, parceria e delicadeza que admiro e preciso em um relacionamento. Assim como antes, em tempos que conseguimos separar, Onde se pode conjugar passado, presente e futuro Onde se pode prever que há o que "rolar" ... Sabemos de amizades, sabemos de conforto e de confiança. A vontade, ficamos sem nenhum desconforto que maculam os encontros e a nossa vontade é superior aos riscos que corremos sem nenhum temor (???) ... Tudo que poderia causar desconforto e separação será retirado e excluído elegantemente porque merecemos...
E tão grande amor que pode ser do outro
mas que é meu...
Não apenas meu, mas inventado por mim
nascido de mim,
em mim...
E q…

Sobre todas as coisas e nenhuma delas em especial!!! ...

Falando assim como quem tem uma certeza absoluta o mundo é muito rico em tudo que a gente pode imaginar. Podemos dele desfrutar como quisermos.  Se temos um mínimo de sabedoria, se conseguimos saber o mínimo de nós mesmos nos sairemos bem diante da vida que vamos escolhendo momento a momento. Tenho medos como qualquer criatura humana que habita o planeta, mas ao longo dos meus dias traduzidos em 59anos fui ganhando um certo jeito de pensa-la; de driblar as minhas fragilidades, de encontrar forças em mim mesma, de não apenas saber quem eu sou agora, mas também de quem quero ir me tornando enquanto passeio por aqui. Lido simplesmente muito mal com a morte, não a minha, mas a das pessoas... e isso se estende não apenas às que penso conhecer, mas a todas as pessoas que sei que morreram, que os seus corpos estão sendo enterrados ou cremados, que enquanto isso acontece no plano físico/material, outras muitas pessoas especulam, inferem,  sobre a vida após o fim ... o encerramento da vida co…

DO QUE PRECISAMOS???

Precisamos de música, ...  precisamos de água, de alegria, de combustíveis e recursos disponíveis, fáceis e práticos. De respeitar as necessidades básicas de viver, de caminhar em ressonância com o que queremos e acreditamos. De nos alinharmos com o que nos acrescenta... Deixar que as pessoas cuidem de si mesmas,  de solidarizarmo-nos com aquilo que podemos de alguma maneira colaborar. E em nossa vida pessoal e intima, ter à mão apenas o que nos favorece e beneficia... os excessos cansam, frustram, destroem qualquer possibilidade de alegria e felicidade. Porque nos exigem tempo demais, trabalho demais, pre-ocupações excessivas. Não nos preenchem, não nos deixam em paz... Tudo que nos desconforta é desnecessário. Precisamos de silêncio e cuidados... de atenção, delicadezas, gentilezas e carinhos... patrocinarmo-nos sentimentos e sensações que nos adormeçam com tranquilidade ainda que não saibamos se amanhã será mesmo outro dia... e será!!! Será um novo dia... traduzido em zilhões de o…