terça-feira, 16 de março de 2010

DIÁRIO DE BORDO - Amor que precisa ser vivido...


Que felicidade foi o o momento de criação destes personagens bem como a escolha dos atores para vivê-los... eles justificam a novela, possibilitam a reflexão sobre os relacionamentos de amor, com amor.
Criam um encantamento especial porque suas falas são cheias de verdades e de possibilidades entre um homem e uma mulher, sem deixar que se perca a noção da fantasia, do folhetinesco e também da vida como ela é...
O autor, Manoel Carlos é na minha opinião alguém que descreve da maneira mais bonita e interessante as coisas da vida, os dias, as rotinas, os sentimentos, os relacionamentos ... enfim, as limitações que nós colocamos e o exercício de todas as possibilidades e liberdade de que somos capazes.
Em cada personagem que ele cria de maneira linda, nos vemos, conseguimos perceber nossa humanidade, nossas falhas, nossos encantamentos, nossas necessidades não supridas, nossos relacionamentos capengas, medos e coragens assumidos e enfrentados.
A ALINE MORAES (Luciana) transcendeu em composição do seu personagem perfeito em gestos, superações, delicadezas e firmezas surpreendentes... O SOLANO (Miguel) é tudo que nós mulheres queremos de um homem, em um homem... uma sensibilidade e alcance peculiar... usa muito bem o seu corpo, sua voz, seu texto para nos proporcionar uma alegria sustentável e esperança... mais ou menos como se nos garantisse que nada está perdido... bom demais!!!
Tenho certeza que o papel da telenovela para o inconsciente coletivo é grande e importante; resgata as coisas mais simples que o universo feminino e o masculino também está precisando.
Estamos precisando na vida real, encontrar nossos migueis e sem precisar ficar tetraplégica... ahahahahahah!!!
Acho que o acidente que a personagem sofre e que a deixou em uma cadeira de rodas foi uma maneira do autor denotar as transformações profundas, as necessidades de mudanças que todos nós precisamos para acionar forças para maturarmos a vida, para crescermos e acordarmos... por que não?
Esse despertar é para os que têm coragem. Deixar morrer o velho, para que o novo se instale em nós, para que nos permitamos a dinâmica maravilhosa da vida que nos devolve o interesse por tudo que traduz felicidade.
A felicidade é simples demais, tão simples que é difícil assumi-la, incorporá-la... preferimos o ranso... as punições, os castigos, as condenações... de relacionamentos que ficam mau-cheirosos, enjoados, cansativos, des-encontrados... para garantirmos a mancada!!!
Adoroooooooooooooooooooooooooooooooooooooo o Miguel e a Luciana!!! voltei a adolescência... espero a hora da novela para assistir as cenas do casal, para me encantar com o amor deles, com o crescimento, com o envolvimento, enfim, com tudo que os faz descobrir dentro de si e despertar no outro!!!
Sou assim, fazer o que?!
Manoel Carlos e sua equipe divina... escrevem lindamente para nós que somos apreciadores do seu encanto, das suas idéias, das suas Helenas... da sua humanidade enfim...
Nota mil para a REDE GLOBO DE TELEVISÃO - teledramaturgia...



VIVER A VIDA!!! é isso... abordar temas que incomodam, que fazem refletir, que despertam... acredito que as pessoas menos reflexivas conseguem abrir um pouco seus olhos e mentes para as coisas "ventiladas" na novela do Maneco (cheia de intimidades!!!).
Um lindo elenco, atores perfeitos e papéis perfeitos... em textos cheios de acordos com a vida... de acordo com a vida.

PARABENS!!!


Livia Leão









Nenhum comentário:

Postar um comentário

ORAR, ORAÇÃO, ORAÇÕES!!! ...

Todas as formas de oração são perfeitos apelos em nos alinharmos com o que queremos, com o que se sente, com o que buscamos dentro de nós...